O Frio – Morar nos EUA

Esta semana uma massa de ar polar vinda do ártico derrubou as temperaturas aqui nos Estados Unidos. Segundo os noticiários daqui, foi recorde de frio desde os anos noventa. Nós, que moramos aqui em Michigan, sentimos na pele o que é esse frio.

Tirando a neve da frente da garagem.

Tirando a neve da frente da garagem.

Até a semana passada, as temperaturas estavam entre dois graus positivos e nove graus negativos, o que é normal para essa época do ano aqui. É frio, mas com roupas adequadas, bota, touca e luvas, é possível sair, passear, levar as crianças na escola e até se divertir brincando na neve. Porém, no domingo a tarde começou a nevar demais e a noite as ruas já estavam tomadas pela neve. Na segunda-feira pela manhã, os termômetros marcaram impressionantes vinte e cinco graus Celsius negativos, e  a sensação térmica lá fora era de menos trinta e dois graus. Nestas condições, mesmo com roupas apropriadas é impossível permanecer do lado de fora de ambientes climatizados por mais cinco minutos, é muito frio.

Temperatura  externa no termömetro
Temperatura externa no termömetro

Aqui em Michigan foi decretado estado de emergência da tarde de domingo até o meio dia de terça-feira. As aulas das escolas, que retornariam na segunda-feira depois do recesso do final de ano, foram canceladas por três dias e alguns serviços públicos permaneceram fechados. A recomendação era, para que se fosso possível, permanecer em casa.

Léo a caminho do trabalho

Léo a caminho do trabalho

Condições das ruas

Condições das ruas

Na segunda-feira, mesmo com aquele frio todo, o Léo foi trabalhar. Não estava mais nevando, mas tivemos que tirar com a pá toda a neve que acumulou na frente da garagem durante a noite para que ele conseguisse sair com o carro. O excesso de neve das ruas principais já havia sido removido durante a madrugada, mas as pistas estavam bem escorregadias para dirigir. Em casa com uma criança de cinco anos, só me restou assistir desenhos, brincar e estudar um pouco de inglês com o Theo.

Segunda-feira pela minha,-vista da porta de casa
Segunda-feira pela minha-vista da porta de casa
Tudo coberto de neve

Tudo coberto de neve

Ontem, terça-feira, o dia estava lindo lá fora, com um sol delicioso, mas as temperaturas ainda estavam muito baixas para sair. Em temperaturas tão baixas pode ocorrer um fenômeno onde as áreas do corpo expostas ao frio como nariz, bochechas e orelhas começam a ficar dormentes. Isso pode acontecer até com os dedos das mãos e dos pés mesmo que você esteja usando de luvas e botas. Se você não der importância a estes sinais e continuar no frio, pode evoluir e ocorrer um congelamento das partes expostas, e neste caso é aconselhado procurar atendimento médico com urgência.

O sol, pena que ainda não é possível brincar lá fora...
O sol, pena que ainda não é possível brincar lá fora…

O frio desta semana, segundo os jornais da região, afetou muito o comercio, pois como ninguém sai de casa, não tem ninguém fazendo compras, e aqui os americanos (e nós também) adoram comprar. No domingo, antes das temperaturas despencarem, os mercados estavam lotados, todos foram comprar alimentos e água para estocar em casa, já prevendo que iriam ficar impossibilitados de sair para as compras por pelo menos dois dias!

Aqui em casa, não cheguei a fazer estoque de comida, comprei o básico, acho que os americanos são meio exagerados quando se trata de emergência climática. O mercado fica a dois quarteirões da minha casa, e ontem fomos fazer umas comprinhas para abastecer a geladeira. Tirando a cautela na hora de dirigir e o frio que passamos no estacionamento para colocar as compras no carro, o resto esta tudo normal.

Estacionamento do mercado

Estacionamento do mercado

Agora a previsão é que a temperatura vai começar a subir, voltando ao normal no final da semana, o que significa ficar em torno de zero grau Celsius.

Só para fechar o post, aqui nos EUA a temperatura não é medida na escala Celsius como no Brasil, e sim na escala Fahrenheit. Para converter temos que usar aquela fórmula que aprendemos há anos atrás nas aulas de química: C= (F-32) /180. Aqui a gente não fica fazendo conta toda hora por que ajustamos o termômetro de casa para Celsius mesmo, mas só para saber, 32 graus Fahrenheit equivalem a zero grau Celsius, então quando na segunda-feira os noticiários anunciaram mínimas de menos onze graus Fahrenheit, deu para perceber que o frio seria congelante, e foi!

Anúncios

Uma ideia sobre “O Frio – Morar nos EUA

  1. Pingback: Primavera nos EUA !! | Morar nos EUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s