As Praias de Michigan

IMG_1769

Glen Lake -MI (foto: @morarnoseua)

E foi dada a largada para o verão de Michigan! Depois de um longo inverno temos praticamente 4 meses para passear, desbravar e conhecer os lugares lindos que temos aqui em Michigan os quais infelizmente ficam praticamente inacessíveis durante os meses de inverno, principalmente as praias (de lago, mas para quem não tem mar por perto está valendo).

A primeira dica que eu dou é que se você pretende passar o final de semana ou mais dias nesses lugares, você deve fazer a reserva dos hotéis agora! Michigan tem uma rede hoteleira bem fraquinha e tudo lota muito rápido, até os campingrounds para quem gosta de acampar.

Alguns desses lugares nós já estivemos algumas vezes, então ao invés de escrever tudo de novo eu vou deixar um link para o post já existente aqui no blog sobre o lugar.

Em cidades maiores como Traverse e Petoskey acontece agora no verão as “restaurant week” onde você encontra uma boa relação custo/benefício para jantar uma comida diferenciada nos restaurantes participantes (checar calendário de eventos das cidades). Nas demais cidadezinhas as opções de restaurantes não fogem muito daquele padrão de comida americana “tudo com o mesmo gosto” (sorry american friends, but it’s true).

E não se esqueçam do protetor solar, do repelente e de comidinhas para aquela “farofa” básica na praia, já que aqui não tem barraquinhas de praia como no Brasil.

MACKINAC ISLAND

Mackinac Island (foto: @morarnoseua)

Na minha opinião esta pequena ilha situada entre a LP e a UP aqui de Michigan merece o primeiro lugar. Primeiro pela sua localização, já que como não é permitido carro na ilha o único meio de se chegar até ela é de ferry, o que já é um passeio diferente. Segundo pelo meio de locomoção ser apenas a pé, de bicicleta ou cavalos. Terceiro, a arquitetura das casas é linda e tem toda uma história sobre o povoamento desta pequena ilha e por último ela é linda, as praias mesmo que de pedras, fazem a alegria das crianças além de ter várias trilhas repletas de natureza! E aproveitem para passear por Mackinaw City também e cruzar a Macknac bridge.

Link sobre o nosso passeio a Mackinac island aqui.

TRAVERSE CITY

Para mim é a cidade de “praia” mais badalada de Michigan. Tem  inúmeras opções de passeios e gastronomia. Até vinícolas tem por lá. Se estiver hospedado em Traverse indico fazer um bate-volta na cidade de Charlovoix, que é uma graça e conhecer a região da Leelanau península.

Link para post sobre Traverse City aqui.

SLEEPING BEAR DUNNES

Sleeping Bear (foto: @morarnoseua)

Um dos “must see” de Michigan e que já foi eleito um dos lugares mais bonitos dos EUA. A vista do Lake Michigan do alto das dunas é de tirar o fôlego e o melhor é que o acesso é fácil, então é tranquilo para ir com as crianças. Do ladinho de sleeping bear fica a cidadezinha de Glen Arbor casa do famoso Glen lake, lago de água cristalina e de cor azul incrível (pois o fundo dele é composto da areia que vem das dunas), ótimo para crianças, mas como ele é um lago privado você tem que ter reserva em um dos poucos hotéis que dá acesso à ele ou locar uma casa para a temporada nas margens do lago.

Glen Lake – MI (foto: @morarnoseua)

PETOSKEY

Petoskey (foto: @morarnoseua)

Outra cidade de “praia” gostosa de passear com a família no verão para curtir a praia e procurar pelas famosas Petoskey stones com as crianças. Ponto de partida para o famoso “tunnel of trees” e para a pequena vila de Harbor Springs.

Link para o post da nosso viagem para Petoskey no outono aqui

SILVER LAKE SAND DUNNES

Silver Lake – MI (foto: @morarnoseua)

Está aí um lugar que sempre vamos. Tem um camping muito legal para se ficar com as crianças (que tem piscina) o qual fica bem no centrinho da cidade (O Yogi Bear Jellystone), então dá para ir passar a pé com a criançada. Tem uma prainha do state park ótima para crianças com playground, banheiros e um dos pores de sol mais lindos de Michigan! E para os que gostam de emoção tem os passeios de 4X4 nas dunas.

Se estiverem em mais amigos vale a pena alugar um barco para passear pelo Silver Lake e atracar do outro lado, na base das dunas.

Silver Lake- MI (foto: @morarnoseua)

Link para Silver Lake aqui

MUNISING

Munising – MI (foto: @morarnoseua)

Se a sua intenção é se aventurar pela Upper Península está cidade é a casa das Pictured Rocks e da famosa rota das cachoeiras em Michigan. Já estivemos lá e tem post completo no link abaixo.

Link para o post do nosso passeio para a Upper Peninsula aqui.

Pictured Rocks (foto: @morarnoseua)

LUDINGTON STATE PARK

Ludington State Park (foto: google)

Para mim um dos states parks mais bacanas de Michigan que reúne em um lugar só lago, rio e “mar”. Este parque lota no verão e se você pretende acampar nele as reservas tem que ser feitas em abril. Mas se não consegui fazer reserva da para se hospedar na cidade e passar o dia no parque. Cabe lembrar que para entrar nos states parks você tem que ter o selo na placa do carro (recreation passport) que voce solicita na Secretary of States.

GRAND HAVEN, SOUTH HAVEN e SAINT JOSEPH

Grand Haven (foto: @morarnoseua)

Cidades de praia bem parecidas margeadas pelo lago Michigan. Por estarem mais ao sul a água costuma ser menos fria se comparada as praias mais ao norte. Os hotéis lotam no verão, então façam a reserva com antecedência.

TURNIP ROCK

turnip Rock (Foto- gloogle)

Ainda não estivemos lá mas é um dos cartões postais de Michigan. Fica na cidade de Port Austin no Lake Huron, ali bem no “polegar” do mapa de Michigan. O único jeito de ver a turnip rock é de canoa, então é mais indicado para pessoas com filhos maiores.

HOLLAND

Holland -MI

Outra cidade gostosa para se passear com a família, fica pertinho da praia e que hospeda o famoso festival de tulipas no mês de Maio.

Espero que tenham gostado das dicas! Sei que ando sumida por aqui, mas vou tentar postar mais coisas agora no verão, principalmente dicas de passeios já que temos bastante coisas legais programadas. Sigam o blog no Instagram, estou mais ativa por lá @morarnoseua

Moradores de Michigan, se tiverem mais dicas de praias por aqui deixem nos comentários! Adoro quando vocês interagem com o blog, leio tudo!!

Abraços

Juliana

Anúncios

10 dicas que irão facilitar o seu dia-a-dia nos EUA

Morar nos EUA

O grande dia chegou! Você vai morar nos EUA!! Para te ajudar separei 10 dicas que podem ser úteis no seu dia-a-dia por aqui:

1- CONTINUE ESTUDANDO INGLES

Por mais que você ache que o seu nível de inglês é muito bom, se você nunca morou em outro país de língua inglesa, assim que você chegar aqui você vai perceber que o seu inglês é horrível e que entender os americanos falando é mais difícil do que você imaginava! Não se sinta intimidado, isto é normal, com o passar dos meses o seu ouvido vai se acostumando com o inglês no dia-a-dia, mas não se esqueça de fazer a sua parte também e estudar a língua inglesa pois você não vai melhorar o seu inglês se não se esforçar a falar em inglês. Além do mais é uma questão de educação e consideração você aprender a falar a língua do pais…

Ver o post original 2.220 mais palavras

Como é acampar nos EUA

Este post foi escrito há 2 anos atrás, mas vale o repost já que a temporada de camping aqui em Michigan está para começar!! E se você quer reservar o site para a sua barraca agora é o momento pois os campings lotam no verão!!! Nós estamos animados e planejando acampar muito este ano!

Abracos
Ju

Morar nos EUA

download

Quando morávamos no Brasil gostávamos de acampar, não íamos com muita frequência mas sempre que acampávamos era divertido, na maioria das vezes íamos para Ilha Bela/SP.

Quando nos mudamos para cá, ficamos impressionados com a quantidade de trailers e motorhomes com que cruzávamos pelas estradas durante o verão (entre os meses de maio a setembro) e de lojas especializadas na venda e aluguel de RVs (Recreational Vehicle – termo utilizado para descrever os trailers e motorhomes). Descobrimos que aqui em Michigan os americanos tem o hábito de acampar com a família durante os meses de verão e por causa disso a quantidade de áreas para campings e a infraestrutura toda envolvida é enorme!

directoryCover

Os campings daqui são super estruturados, com sites na internet e associações. Aqui em Michigan os melhores locais para se acampar é no norte do estado e na costa oeste voltada para o lago Michigan. Muitos campings…

Ver o post original 705 mais palavras

Ohio – Cavernas e aviões

Para nós de Michigan, o vizinho estado de Ohio é sempre lembrado como destino de passeio principalmente pelo parque temático e aquático Cedar Point ou pelos hotéis voltados para as crianças como o Great Wolf Lodge e o Kalarari mas, se dirigimos um pouquinho mais, podemos ter boas e diferentes opções de passeios por lá.

3-0487Já estivemos em Cleveland em 2014 (tem post aqui no blog) e em Put it Bay no ano de 2015 (infelizmente acabei não escrevendo sobre essa ilha de Ohio, no lake Erie onde o meio de locomoção são carrinhos de golfe).

Nesta última semana de spring break por aqui tiramos dois dias e fomos mais ao sul do estado conhecer a Ohio Caverns e o Museu Nacional da Força Aérea Americana. São dois passeios bem bacanas, principalmente para quem tem crianças e que dá para fazer em um fim de semana.

A primeira parada foi a Ohio Caverns que fica localizada na cidadezinha de West Village. O lugar fica no meio do nada e o caminho até lá não tem nada de muito interessante (I-75). Encontramos o lugar bem fácil com o GPS e também tinha bastante placas com sinalização, mas a geografia do lugar não indicava que por ali poderia haver uma caverna. Já estive no PETAR  no Brasil há muitos anos atrás, com isso eu já tinha um conceito de caverna pré-estabelecido na minha mente, então quando chegamos no lugar cheguei a pensar que as 3 horas de viagem poderia ter sido uma furada, ainda mais quando descobri que a entrada da caverna era pela gift store!

3-0456

Ohio Caverns

Mas ao descer a escadaria para o porão da gift store, qual não foi a minha surpresa ao descobrir que ali embaixo tinha um túnel que iria dar em uma enorme caverna subterrânea! O tour guiado pela caverna durou quase uma hora e foi muito bacana! O meu filho mais velho de 9 anos gostou bastante e o de 2 anos, mesmo não entendo muito bem aonde ele estava também se comportou muito bem dentro da caverna. O acesso é super fácil, então é tranquilo para ir com crianças pequenas. A temperatura do lado de fora da caverna estava por volta de 5 graus mas dentro da caverna a temperatura fica sempre na casa dos 15 graus independente da estação do ano, o que para nós de Michigan (nessa época do ano) é calor, rsrsrs.

3-0408

Ohio Caverns

3-0414

Ohio Caverns

3-0397

Ohio Caverns

Outra surpresa foi que tinha mais gente do que eu imaginava para visitar a caverna. Como ainda estava frio eu achei que só iria ter  nós e mais alguns gatos pingados para o tour, mas no final o nosso grupo tinha umas 15 pessoas e quando saímos tinha mais gente chegando. Com base nisso, acho que nos meses de verão o lugar deve ficar bem cheio.

No local tem banheiro, a gift store e área para picnic. Não tem lanchonete então fica a dica para levar lanchinhos de casa. Saindo de West Liberty dirigimos até as proximidades da cidade de Dayton, onde tínhamos hotel reservado. Reservamos pelo site hotel.com e o hotel era muito bom. Ficamos no Springhill Suítes Dayton Beavercreek da rede Marriott (pagamos $114 dólares na semana da Spring Break), hotel novinho, super bem decorado, quarto grande, café da manhã muito bom para o padrão americano, do lado do shopping, super bem localizado e perto do nosso próximo passeio (Museu Nacional da Forca área Americana).

 

3-0508No dia seguinte (que amanheceu chovendo muito) fomos conhecer o Museu Nacional da Força Aérea Americana.  O museu  é enorme (são 4 galpões interligados) e a entrada é gratuita. Na entrada tem que passar por revista no RX e não é permitido entrar com comida no local. Tem lanchonete com opção de pizza, lanches frios prontos e saladinhas no final do terceiro galpão. Para quem gosta de aviação e sobre a história das guerras em que os EUA esteve envolvido (WWI, WWII, Vietnã, Korea , etc) é um prato cheio! O passeio começa pelos irmãos Wright que foram, para os americanos, quem inventou o avião (não vi nenhuma citação, nem pequenininha ao nosso Santos Dummont por lá), passando pelos aviões das guerras, mísseis, um pouco da NASA até os aviões dos presidentes americanos. São 4 galpões enormes repletos de aeronaves (360 aviões), muita informação, simuladores, cinema 3D e tours guiados. Para quem tem crianças pequenas recomendo levar o stroller pois se anda muito por lá.

3-0515

Primeiro dos 4 galpões – o inicio da aviação

3-0531

National Air Force Museum- Segundo galpão

3-0542

National Air Force Museum – Terceiro galpão

3-0538

3-0547

National Air Force Museum

3-0552

National Air Force Museum – Quarto galpão

3-0566

National Air Force Museum

3-0570Para terminar o nosso passeio com emoção, na hora em que estávamos nos preparando para sair do museu soou o alerta para tornado e todas as pessoas que estavam dentro do museu tiveram que ir para o abrigo (shelter) que na verdade era dentro do auditório do museu (estava chovendo e ventando muito). Ficamos uns 20 minutos lá dentro e nesse tempo o responsável pelo museu ficou do palco respondendo as perguntas e curiosidades dos visitantes o que acabou sendo uma atração extra do passeio. O alerta de tornado acabou sendo apenas um susto e todos sobrevivemos! rsrsrs

 

3-0593

Nao encontrei nada sobre o Santos Dummont, mas tinha um reconhecimento da participação do Brasil durante a WWII

 

Espero que tenham gostado das dicas de passeio!

Abraços

Juliana

Site para maiores informações:

Ohio Caverns

National American Air Force Museum

Todos os textos desta página são de direitos autorais da autora Juliana Fontes.
A cópia de tais textos é proibida por lei. Fique à vontade para compartilhar e divulgar o blog (citar a fonte) mas não copie e cole.

 

Quando você pensa que o frio foi embora….

Post antigo, mas perfeito para o dia de hoje!

Morar nos EUA

Imagem Um dia de sol em Michigan!

No próximo dia 20 de março começa, oficialmente,  a primavera aqui nos EUA. Já entramos no horário de verão (ou saímos do horário de inverno ?) aqui em Michigan, então a diferença de horário com relação ao Brasil é de apenas uma hora agora. Os dias estão começando a ficar mais longos, o sol aparece quase todos os dias e a vida aos poucos começa a resurgir nesta terra gelada. Como a  neve e o gelo estão derretendo,  a grama do nosso quintal voltou a aparecer e com isso os pássaros também estão voltando. Já é possível encontrar algumas pessoas  andando a pé pelas ruas, vizinhos passeando com seus cachorros (os quais estavam dentro de casa desde janeiro) e já cruzei com uns dois motociclistas ( por causa do frio e do gelo nas ruas , desde de que nos mudamos para cá não tinha…

Ver o post original 275 mais palavras

Solicitar passaporte brasileiro nos EUA

imagem passporte

*Post atualizado em 9 de março de 2018

Dependendo do tempo em que você mora aqui nos EUA, uma hora o seu passaporte brasileiro vai vencer e você terá que renová-lo, já que não dá para ficar em um país no qual você não é cidadão com o passaporte vencido. Normalmente é mais fácil aproveitar uma visita ao Brasil para fazer a renovação do passaporte (que agora é válido por 10 anos), porém as vezes não dá para ir para o Brasil fazer essa renovação, neste caso temos que nos dirigir a um dos Consulados Brasileiros que tem aqui nos EUA.

Aqui no estado de Michigan não temos nenhum Consulado Brasileiro, as vezes o consulado itinerante passa por aqui, mas como ele não venho para Michigan desde que chegamos, tivemos que ir até a cidade de Chicago, no estado vizinho de Illinois, onde está localizado o Consulado Brasileiro mais próximo, para fazer a renovação do passaporte.

Você não é obrigado a ir até o consulado para solicitar um novo passaporte, esta solicitação pode ser feita pelos correios, porém a data de validade do passaporte vai ser de apenas 3 anos e não 5 anos.

O site do Consulado Brasileiro em Chicago tem todas as informações necessárias e é bem explicativo, e minhas dúvidas foram respondidas rapidamente via email (passaporte.chicago@itamaraty.gov.br).

No site você terá que preencher o formulário de requerimento de passaporte comum (RER) e enviar os documentos solicitados digitalizados (não se esqueça de anotar o seu código de recuperação)

Site do Consulado Brasileiro de Chicago aqui.

Não é necessário agendar o atendimento. O atendimento é feito por ordem de chegada e todos os documentos necessários tem que estar em mãos para não perder a viagem. Se você optar em solicitar o seu passaporte no balcão do consulado, não é necessário retornar em 15 dias para retirá-lo, a entrega pode ser realizada via correio, não se esqueça de levar um envelope express do post-office pré-selado, endereçado e com treaking number no dia da solicitação para o retorno dos passaportes (o passaporte antigo fica retido no Consulado, mesmo ainda válido e com o seu visto americano nele, ele retorna para você junto com o novo passaporte).

Também é necessário levar um “Money Order” emitido na própria agência dos correios no valor de $120,00 dólares para pagar pelo novo passaporte (para menores o valor é de $40 dólares para crianças de 0-4 anos e de $80,00 dólares para de 5-18 anos). O Consulado brasileiro não aceita dinheiro, cheques pessoais ou cartão de crédito.

Optamos de ir no domingo para Chicago para fazer a solicitação do passaporte na segunda-feira pela manha no consulado. Ficamos hospedados bem no centro próximo ao Consulado. Os hotéis de Chicago são caros e os do centro mais caros ainda, mas como entramos no domingo conseguimos uma boa tarifa no booking.com. A vantagem de ficarmos hospedados praticamente ao lado do consulado foi que economizamos em estacionamento (pagamos somente uma diária do estacionamento do hotel) e evitamos pegar o congestionamento de Chicago caso ficássemos hospedados afastados do centro.

Como estávamos com todos os documentos solicitados em mãos, o processo dentro do Consulado Brasileiro foi bem rápido, os atendentes não são exemplos de simpatia mas efetuaram o trabalho com eficiência e em 15 dias úteis o novo passaporte brasileiro chegou via correios em nossa casa com o passaporte antigo junto.

Documentos Necessários

– Passaporte anterior
– Recibo de Entrega de Requerimento – RER

– Comprovante da identidade e naturalidade

– Comprovante da nacionalidade

Certidão de Quitação Eleitoral(http://www.tse.jus.br/eleitor/certidoes/certidao-de-quitacao-eleitoral)  *Não é mais necessário apresentar a quitação eleitoral

*justificativa eleitoral de brasileiros no exterior

– Alistamento Militar, para homens entre 18 e 45 anos de idade
 – Uma Foto recente, no tamanho 2”x2” (tamanho passaporte americano) – Dica: para quem é sócio do COSTCO eles tiram foto para passaporte por $5 dólares 4 fotos! Em qualquer outro lugar como na CVS, eles cobram mais de $30 dólares para tirar foto de passaporte!

– Taxa consular (Money Order expedido pelo correios americano USPS)

exemplo do Money Order

Solicitação via CORREIOS
Agora o prazo de validade do passaporte solicitado via correios  é o mesmo se solicitado pessoalmente (10 anos para maiores de 18 anos e 5 anos para menores de idade). Os documentos necessários são os mesmos descritos acima com a diferença que como o formulário de solicitação RER não será assinado na frente do agente consular é necessário solicitar a assinatura e o carimbo de um notário público no formulário.
É necessário colocar TODOS os documentos ORIGINAIS solicitados, inclusive o Money Ordem, dentro de um envelope do USPS Express (selado e com treaking number). Colocar ainda DENTRO deste envelope um OUTRO envelope USPS express também selado, com treaking number e endereçado para você como envelope de retorno para que o Consulado possa devolver os seus documentos junto com o novo passaporte (pode dobrar este envelope vazio para que ele caiba dentro do primeiro envelope).
Para MENORES de idade
Além de todos os documentos acima, é necessário anexar a Autorização para solicitação de passaporte para menores (está disponível no site do consulado), a qual deve ser assinada por ambos os pais e ter a assinatura e o carimbo de um notário público. Se estiver solicitando pelo correio, tanto esta Autorização como a RER, além da assinatura e carimbo do notário DEVEM ter o Certificate The Authorithy (Appostille) que é emitido pela Secretary of State. É só levar esses dois documentos já assinados pelo notário e solicitar o Certificado (custa $1 dólar cada).
Abraços

Juliana

Todos os textos desta página são de direitos autorais da autora Juliana Fontes.
A cópia de tais textos é proibida por lei. Fique à vontade para compartilhar e divulgar o blog mas não copie e cole

Hotel para criança – Great Wolf Lodge

 

 

great-wolf-lodge

Great Wolf Lodge (foto:google)

Quando planejamos fazer uma viagem com crianças, na maioria das vezes procuramos por hotéis que tenham alguma atividade para elas, principalmente quando o objetivo é ficar mais dentro do hotel, sem muitos passeios externos e descansar. No Brasil temos muitas opções bacanas que vão desde de pousadinhas charmosas, hotéis resorts na praia a hotéis fazendas no interior. Não somos uma família disposta a pagar diárias caras em hotéis (preferimos investir o dinheiro nos passeios) e em 95% das vezes em que viajamos aqui nos EUA ficamos hospedados  em hotéis de rede (padrão Holiday inn) ou até mesmo em campings (adoramos acampar). Mas eu vou ser sincera, aqui  em Michigan a rede hoteleira é bem fraquinha e não se iluda com o termo resort acoplado ao nome do hotel o que por aqui pode significar apenas que o hotel tem uma micro piscina aquecida.

Mas de vez em quando queremos fazer uma agrado para as crianças e para a gente também e ficar hospedados em um hotel mais bacana e family friend principalmente agora  que esta fazendo um frio danado lá fora e  as opções de atividades externas para quem tem uma criança de menos de 2 anos são poucas.

Dentro das poucas opções de hotéis family friend aqui em Michigan, temos os campings como o Yogi Bear Jellystone Park para ir durante os meses de verão, os hotéis em estações de Ski como o Boyne Mountain e o Crystal Mountain , o Kalahari (no estado vizinho de Ohio) e o Great Wolf Lodge  de onde acabamos de voltar.

IMG_7886

Parque aquático do hotel (foto: @morarnoseua)

O Great Wolf Logde é uma rede de hotéis com parque aquático presente em diversos estados americanos. Perto de onde moramos temos dois: o que fica localizado na cidade de Traverse City, aqui em Michigan  e o de Sandusky, em Ohio. Optamos por ir no de Ohio por ser mais perto (2 horas de viagem) e a diária ser mais em conta. Um fato que assusta quando você vai fazer reserva neste hotel é o valor da diária, uma média de $350 dólares por dia durante o fim de semana. É caro, principalmente quando você faz a conversão para Reais na sua cabeça brasileira. Conseguimos achar uma promoção de diária no Groupon onde pagamos $450 dólares por duas diárias incluso o pawpass (algumas atividades para crianças que você paga extra no hotel) e um upgrade para o quarto temático (tem as opções de quarto standard, temático e premium)

Outro fato legal do Great Wolf Lodge de Sandusky é que ele fica praticamente do lado do Cedar Point, que é um conjunto de parque temático e aquático bem legal que tem em Ohio para ir durante os meses de verão.

O quarto em que ficamos era bem espaçoso e acomoda bem uma família de 5 pessoas com uma cama queen de casal, uma bicama e mais um beliche. Tinha micro-ondas e frigobar no quarto o que é perfeito para famílias com crianças e também pia do lado de fora do banheiro o que é ótimo quando se tem que lavar mamadeiras.

IMG_7888

Nosso quarto temático (@morarnoseua)

O parque aquático do hotel é bem legal com opções de piscinas para todas as idades, e tem até uma hot-tub não muito quente onde as crianças também podem entrar. Tem vários salva-vidas pelo parque e funcionários controlando as crianças nos tobogãs para não ter o risco de uma cair em cima da outra. Tenho que admitir que eu achei a temperatura da água das piscinas um pouco fria e também tinha lugares do parque em que circulava uma corrente de ar frio. Cabe lembrar que estamos em dezembro e as temperatura lá foram estavam por volta dos zero graus.Também achei as partes comum do hotel meio frias. Levei bermuda e camiseta para circular pelo hotel  crente que estaria tudo quentinho lá dentro, mas passei os dias de calça jeans e moletom (ou eu que sou muito friorenta rsrsrs)

Sobre o restaurante principal do hotel  este deixa a desejar pelo preço que cobra. No jantar até que o valore é meio padrão americano mas o café da manhã é muito caro pelo o que oferece. Pagamos $15 dólares por adulto e $8,50 por criança por uma bandeja família com ovo mexido, panqueca, bacon e salsicha, 2 mini-muffins, uma fatia de bolo e um potinho com meia dúzias de frutas picadas Esta era a única opção de café da manhã e não dava para pedir apenas torradas com frutas, ou um waffle (como não gostamos de bacon e nem salsicha a comida ficou toda lá). Depois dessa, fomos no mercado do lado do hotel e na manhã seguinte tomamos o nosso café da manhã delícia no quarto com pãozinho, cream-cheese, queijo, frutas e chocolate quente.

IMG_7915

Única opção de café da manhã (foto: @morarnoseua)

Tem outras opções de lanchonetes dentro do hotel para comer um lanche, pizza, donuts, sorvete…

No hotel tem uma atividade chamada MagiQuest que o meu mais velho de 9 anos amou. É como se fosse uma gincana do tipo Harry Potter (você tem que comprar o kit do jogo e escolher uma varinha na loja do hotel) onde a criança tem que desvendar pistas e achar “objetos mágicos ” espalhados pelo hotel para se tornar um grande Mago. A idéia é interessante pois mantém as crianças entretidas andando pelos corredores do hotel depois de brincarem no parque aquático,  e os adultos também.

IMG_7972

Lojinha do MagiQuest (@morarnoseua)

No hotel também tem um espaço chamado Cubclub onde tem atividades como pintura e crafts e como padrão aqui nos EUA, também tem um Arcade com jogos eletrônicos. Como é mês de Natal no saguão de Natal tinha uma Gingerbread house em tamanho real montada onde você podia reservar para fazer uma refeição em família lá dentro e também todas as noites tinha foto com o Papai Noel. A noite também teve apresentação de música no saguão principal, tipo um teatrinho feito com personagens mecânicos, além de  contação de história e neve artificial no final do dia.

IMG_7897

Música e contação de historia no final do dia (@morarnoseua)

Senti falta de uma equipe de monitores mais ativos  com as crianças, que fizessem atividade mais direcionadas com elas, como tem nos resorts do Brasil. No Great Wolf Lodge só tinha monitores no cubclub e os pais tinham que ficar com as crianças.

Gostamos muito de ficar hospedados no Great Wolf Lodge de Sandusky. É um passeio perfeito para um fim de semana em família, sair um pouco da rotina, ainda mais agora nos meses de inverno onde não temos muitas opções ao ar livre com a criançada. Você já esteve lá? Deixe a sua opinião aqui nos comentários do blog!

Abraços

Juliana