“Mamãe, quero ser Bombeiro!”- Morar nos EUA

Se existe um profissional aqui nos estados Unidos que é respeitado pelos adultos e amado pelas crianças são os bombeiros, que aqui eles chamam de Fire-fighter ou Fireman.

O Theo simplesmente adora os bombeiros e se você perguntar para ele o que ele quer ser quando crescer ele vai responder que quer ser bombeiro! Para se ter uma idéia ele ganhou uma roupa de bombeiro dos avós de presente, ficou super feliz claro e não quis mais tirar a roupa! Ele ficou 3 dias direto com a roupa de bombeiro, vestia até por cima do pijama depois que tomava banho!

Aqui nos EUA, além de cruzar com eles pelas ruas da cidade durante um chamado de emergência, já encontramos com eles em situações festivas como no Festival de inverno de Plymouth, onde tinha um caminhão de bombeiros estacionado na praça e o próprio “fireman” estava distribuindo capacetes de bombeiros (de plástico) para as crianças e tirando foto com elas e no festival de inverno de Rochester onde o quartel dos bombeiros estava aberto para as crianças verem como é por dentro e eles estavam dando mashmallows para as criancas assarem na fogueira que tinha na frente do quartel.

Aqui os bombeiros são muito próximos da população. Eu não sei quanto a vocês que estão lendo, mas no Brasil eu não me lembro de ter ido visitar algum quartel de bombeiros ou de vê-los participando de alguma festa da cidade sem ser a trabalho quando eu era criança. Só tivemos este contato mais direto com os bombeiros em uma festa  de fim de ano da empresa onde o Leo trabalhava no Brasil, na qual as crianças puderam subir no caminhão e tirar fotos.

Acho que um dos motivos é que aqui tem muitos bombeiros. Só na cidade onde eu moro, que tem aproximadamente 70 mil habitantes, nos temos três “Fire Stations”(Quartéis de bombeiro).

Bom, há algumas semanas atrás, a Fire Station de Canton, que fica pertinho da nossa casa, abriu as suas portas para os pequenos. Foi  necessário agendar pelo site e pagar uma taxa para a visita. Os pais puderam ficar junto com as crianças o que foi super legal pois eu também queria conhecer o quartel dos bombeiros!

As crianças vestiram roupas de bombeiros (réplicas idênticas as que eles usam de verdade) e se acomodaram em uma sala para ouvir algumas explicações básicas sobre o que o bombeiro faz, como agir em caso de incêndio, como ligar para o 911 e o que falar no telefone entre outras coisas de segurança. Achei bem interessante a parte em que um dos bombeiros vestiu a roupa completa com a máscara,  o cilindro de ar nas costas e tudo o que tinha direito (todo o equipamento pesa 50Kg) na frente das crianças e se ajoelhou na frente delas e pediu para  que elas pegassem nele e que elas não precisam ficar com medo quando virem uma pessoa com todo aquele equipamento pois ele esta ali para ajuda-las.

Outra coisa que eu achei interessante foi quando um dos bombeiros perguntou se a gente tinha um plano de emergência em casa. Eu e o Leo nos entreolhamos pois nunca pensamos em ter um plano de emergencia em casa! Então eles explicaram que é muito importante que a familia que mora na casa tenha um plano para no caso de alguma emergência acontecer. Vou compartilhar aqui com vocês pois achei muito importante. Primeiro, a família tem que combinar um ponto de encontro do lado de fora da casa em caso de incêndio, por exemplo: se comecar a pegar fogo na casa todos devem se encontrar no jardim da frente da casa. Se houver crianças em algum cômodo da casa e a pessoa não conseguir sair,  ela deve jogar os brinquedos e ursinhos de pelúcia pela janela, pois assim os bombeiros vão saber que ali tem uma criança e irão socorrer aquele lugar primeiro. Outra coisa é ensinar as crianças a ligarem para o telefone de emergência, que aqui nos EUA é o 911 e ensiná-las a falar o endereço de sua residência.

Acho que toda essa preocupação é porque  aqui nos EUA as casas são construídas praticamente de madeira, então  a problabilidade de uma casa aqui pegar fogo é muito maior que no Brasil. Todas as casas aqui são obrigadas a ter detectores de fumaça e gás e elas tem que passar por uma vistoria dos bombeiros antes que alguém possa habiltá-la.

Quem quiser mais informaçoes sobre segurança click aqui. Esta em inglês, mas ai no Brasil tambem deve ter este tipo de informação no site dos Bombeiros.

Depois da “aulinha” fomos conhecer o quartel. Vimos todos os caminhões de bombeiros, os veículos de resgate, conhecemos o refeitório ( fiquei impressionada com a organização e a limpeza da cozinha), a sala de descanço e os dormitórios. Só senti falta do tubo (pole) por onde os bombeiros descem escorregando quando tem um chamado de emergência pois a estação era térrea !

securedownload

No final do passeio as crianças tiraram fotos com os bombeiros e ganharam uma lembrancinha. O Theo adorou o passeio e reafirmou a vontade dele de ser bombeiro quando crecer.

Foto oficial do passeio !

Foto oficial do passeio !

Gostou do post? Quer deixar algum comentário? Deixe aqui no blog! Abraços Juliana

Todos os textos desta página são de direitos autorais da autora Juliana Fontes.
A cópia de tais textos é proibida por lei. Fique à vontade para compartilhar e divulgar os posts do blog mas não copie e cole.

Anúncios

8 ideias sobre ““Mamãe, quero ser Bombeiro!”- Morar nos EUA

  1. Filipe Borges

    Ola, boa tarde! Muito interessante a matéria, gostaria de saber qual procedimento para ser bombeiro nos EUA, eles aceitam estrangeiros?

    Atenciosamente,

    Filipe

    Curtir

    Resposta
    1. Matheus

      Olá também tenho muito interesse de saber como funciona para ser bombeiro no EUA . e se eles aceitam estrangeiros… vou começar a fazer o curso de bombeiro aqui no Brasil e gostaria de saber como funciona ai

      Curtir

      Resposta
      1. Juliana Fontes Autor do post

        Oi Matheus e Felipe, gostaria de ajuda-los mas nao tenho a menor ideia de como se faz para ser bombeiro aqui…. tenta dar uma pesquisada na internet para ver se consegue alguma informacao. Se eu descobrir alguma coisa eu posto aqui no blog>

        boa sorte

        Juliana

        Curtir

  2. Izaque

    Parabéns pelo post!!!
    Simplesmente FANTÁSTICO!!!
    Sempre quis ser BOMBEIRO também. Então decidi comentar:
    Geralmente quando vejo qualquer reportagem sobre BOMBEIROS nos E.U.A (ou em qualquer outro país, exceto países africanos), percebo que quase sempre são cidadãos brancos.
    Minha curiosidade é só saber se há algum preconceito, mesmo que seja velado, contra os negros, nesse caso, se trata-se apenas de coincidências porque o que vale é a capacidade de cada um de vencer pelos próprios méritos ou se é falta de interesse mesmo de mais cidadãos negros em concorrer às vagas de bombeiros.
    Fico com a segunda e a terceira opção!
    PARABÉNS NOVAMENTE!

    Curtir

    Resposta
  3. Gomes Junior

    Olá, Parabéns pelo relato, muito legal mesmo, sou Bombeiro militar em SP e sim, a corporação aqui, traz inúmeros projetos de aproximação da sociedade local para com o efetivo, com projeto de Bombeiro Mirim (curso de férias para as crianças), Bombeiro Educador na Escola entre outros, como palestras para brigadas de incêndio em empresas …,
    Tenho muita vontade de morar nos EUA e continuar atuando como bombeiro !!!.

    Curtir

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s