Arquivo da categoria: Primavera nos EUA

Feriado nos EUA – Memorial Day

Flags on houses_2

Hoje foi feriado de Memorial Day aqui nos EUA. Este feriado é uma homenagem aos militares que perderam a vida defendendo a bandeira americana na guerras e é um dos principais feriados americanos. É comemorado principalmente através das parades (desfiles) pelas cidades e é abertura oficial da temporada dos churrascos no quintal (barbecures) e das atividade de verão como piscinas e splashpads nos parques e clubes (pelo menos aqui em Michigan).

Neste final de semana a vizinhança caprichou na arrumação do quintal, cortaram a grama,  encheram as jardineiras de flores, tiraram as capas dos moveis do pátio (que protegiam contra a neve e chuva)  e  limparam a churrasqueira!  Todo mundo animado por aqui! Muita gente viajando para as “praias” de Michigan também,  já que o tempo colaborou com um sol lindo neste fim de semana prolongado. Ah, e lojas cheias também, já que feriado aqui é sinônimo de megapromoções e compras!

Nos ficamos por aqui mesmo pois resolvemos tirar o carpete da sala e colocar piso de madeira no estilo americano de faça você mesmo (DIY). O Theo participou também pela primeira vez do desfile de Memorial Day com a turma do karatê.

Já falei sobre o Memorial Day neste post aqui, vale a pena ler pois visitamos o Greenfield Village e foi muito legal!

Todo este clima de festa com churrascos, piscina, barcos nos lagos é concentrado entre os feriados de Memorial Day (última segunda-feira de Maio) e o Labor Day (segunda segunda-feira de Setembro) aqui em Michigan. Este período engloba as férias de verão da criançada que começa agora na segunda semana do mês de Junho (summer break) e termina na semana do Labor Day em Setembro (o início do ano escolar aqui é em Setembro, diferente do Brasil que é no final de Janeiro).

Enfim, já estamos todos ansiosos para os próximos meses de calor e vamos tentar aproveitar ao máximo pois aqui em Michigan ele dura pouco, infelizmente.

                                      ” The Summer is on the corner!”

Abraços

Juliana

Todos os textos e fotos desta página são de direitos autorais da autora Juliana Fontes.
A cópia de tais textos é proibida por lei. Fique à vontade para compartilhar e divulgar o blog mas não copie e cole.

 

 

Anúncios

Conhecendo o Texas

 

Dallas- Texas

Aproveitamos o feriado da Páscoa para conhecer o estado do Texas. Escolhemos esse destino pois era um lugar que nós ainda não conhecíamos, é quente e queríamos aproveitar a viagem para reencontrar duas famílias de amigos que não víamos há muito tempo e que moram por lá.

 Quero deixar aqui registrado que a minha idéia de um Texas com uma paisagem mais árida  tipo os filmes de cowboys que agente vê na TV ou de um lugar mais rústico foi por água abaixo quando desembarcamos em Dallas. Paisagem muito verde, cidade com avenidas largas, limpa, muita construção nova! Estradas para todos os lados e muito viadutos ligando todos os lugares. Na verdade, nós  que moramos em Michigan é que estamos no interior rsrs.

Uptown Dallas

Tiramos um dia para passear por Dallas e conhecer um pouco a região.   Estacionamos o nosso carro no subsolo do Museu de Artes de Dallas e pagamos $10 para deixar o carro lá o dia inteiro. Bem frente ao Museu de Arte tem um parque muito legal chamado Klyde Warren Park para ir com as crianças pois tem um splash playground onde as crianças podem brincar e se molhar. O dia estava quente por volta de uns  24°C o que para nós de Michigan é calor, então os meninos se divertiram bastante no parque. Na hora em que chegamos estava tendo aula de ioga no gramado do parque e tinham bastante gente participando e também estavam chegando vários foods trucks. Neste parque mesmo pegamos o bondinho/trolley (de graça) para ir até a região da uptown que é onde se concentra vários restaurantes.  Estes bondes  antigos que foram restaurados, fazem um trajeto bem legal pela uptown de Dallas e você pode descer e subir em qualquer ponto de parada que estão sinalizados nas ruas por onde ele passa e além do mais você não precisa pegar o carro e pagar outro estacionamento.

IMG_0338

Klyde Warren Park

Paramos para almoçar em um restaurante chamado Bread Winners Café&Backery, o restaurante é bem bacana as tem várias opções de comidas, lanches e cafés. O que eu gostei nesse restaurante foi o pátio interno com bastante plantas e com luz natural que foi onde ficamos para almoçar, outra coisa que eu achei  interessante foi o kids menu na contra capa de um livro infantil e a única falha do restaurante foi ausência de trocador infantil nos banheiros. Como precisava trocar a fralda do Thomas perguntei para o garçom se tinha algum lugar que eu poderia trocar-lo e ele me encaminhou para uma sala que não estava sendo usada no momento no restaurante onde havia vários sofás onde pude trocar.

Bread Winners Cafe

Trolley de Dallas

Não consigo entender qual a dificuldade dos estabelecimentos em colocar trocador nos banheiros, é uma coisa tão simples! É só fixar na parede o trocador inclusive, no banheiro masculino, deveria ser obrigado por Lei a ter.

Depois de almoço caminhamos um pouco a pé pela região da Uptown de Dallas e  encontramos uma cafeteria de chocolate chamada Sablon Chocolate Lounge e como não resistimos a um chocolate entramos lá para uma sobremesa.

No dia seguinte fomos conhecer o Distrito histórico Fort Worth Stockyard. É um quarteirão da cidade que reproduz o Texas antigo com a estação ferroviária, área de rodeio, desfiles de boi restaurantes especializados em carnes e as lojas que vendem artigos de couro como  botas e os chapéus de caubóis. Almocamos no H3 Ranch, um restaurante com estilo bem texano e comemos uma costela muito boa! Foi um passeio bem legal e o mais próximo que cheguei daquele Texas que aparece em Filmes.

Fort Worth Stockyards

Em Dallas ficamos hospedados na casa de amigos, então não tenho indicação de hotel por lá. Seguimos viagem de Dallas sentido Houston com um pequeno desvio no caminho na cidade de Waco pois o Leo descobriu um lugar para fazer wakeboard de cabo (Cable Park) e como em Michigan não tem e só faz calor três meses por ano ele quiser aproveitar a viagem pra matar a saudade de fazer wakeboard. O lugar é bem legal tem uma boa estrutura e os meninos se divertiram. Almoçamos em Waco mesmo em um restaurante de rede chamado Texas Roadhouse, surpreendentemente a carne e os acompanhamento que pedimos estavam muito bons! (Depois de mais de três anos morando nos EUA não  esperamos muita coisa de restaurantes de rede).

Cable park em Waco

Chegamos em Houston  já a noite em baixo de chuva! Como estávamos bem cansados da viagem fomos direto para o hotel. Ficamos hospedados no Sheraton Houston Brookhollow pois como deixamos para fazer a reserva em cima da hora era o com valor mais em conta, ficava um pouco afastado do centro mas para nos não tinha problema. O  hotel era bom mas já está pedindo uma renovação principalmente dos banheiros. Também não tinha frigobar no quarto o que para quem viaja com crianças faz falta (enchemos o balde de gelo que tinha no quarto com gelo para conservar o iogurte que tínhamos com a gente).

 Na manhã seguinte, tomamos café da manha no hotel e fomos direto para o Space Center da NASA . Passamos o dia todo lá e é um passeio bem legal para se fazer com crianças, principalmente meninos que tem essa afinidade com astronautas, foguetes e o espaço. Nossa ideia era fazer um almoço mais tarde em alguma churrascaria brasileira em Houston, mas saímos muito tarde da NASA e tínhamos combinado de jantar na casa de uma amiga brasileira que mora em Houston, então seguimos direto para a casa dela. Foi ótimo reencontra-la e para tornar a visita melhor ainda os pais dela estavam lá de visita e eles são uma família muito querida por nós, mesmo sem nos ver há muitos anos! Para quem mora longe da família e doa amigos esses reencontros aquecem o coração!

Nasa Space Center

Nasa Space Center

 

Por dentro do Space Center

Saturno V

No dia seguinte os nossos planos de passear na parte da manhã pelo centro de Houston furaram pois estava chovendo e tínhamos que voltar dirigindo até Dallas (4 horas) para pegar o nosso voo de volta para Michigan. Antes de sairmos de Houstom paramos em uma padaria Mexicana chamada El Bolillo Bakery que vende todos os tipos de pães gostosos que você pode imaginar, inclusive pão francês! O único problema é que não tinha mesinhas lá dentro para comer, mas enchemos a nossa bandeja de gordices e fizemos pic-nic de café da manha no carro mesmo.

Nossa bandeija de pãezinhos do El bolillo

A viagem foi corrida mais super legal! Com certeza Houston pede mais dias de visita porém deu pra conhecer um lugar novo e reencontramos amigos queridos!! Gostamos muito do Texas e recomendamos viajar para lá sim! Dizem que Austin e Santo Antonio são muito legais também!

Blogs com dicas ótimas sobre o Texas:

Aprendiz de Viajante

Alo Houston!

Abraços

Juliana

Todos os textos e fotos desta página são de direitos autorais da autora Juliana Fontes.
A cópia de tais textos é proibida por lei. Fique à vontade para compartilhar e divulgar o blog mas não copie e cole.

Vendas de garagem nos EUA – Garage Sales !

IMG_2963

Que o americano gosta de consumir não é segredo para ninguém. Em consequência desse consumismo todo, as garagens das casas ficam entulhadas de coisas. É muito comum ver por aqui garagens lotadas de tranqueiras e os carros do lado de fora pois, a quantidade tralha já tomou conta de tudo. Outra característica das casas daqui, que contribuem para o acúmulo de objetos diversos é a presença de  “basements” (porões) nas casas. Já entrei em casas onde o “basement”estava tão cheio que não dava para andar lá embaixo!

Cheguei a conclusão que em um determinado momento, o quantidade de tralha acumulada na casa é tão grande que é preciso se desfazer de algumas coisas para poder comprar mais, daí vem a minha explicação para os famosos  “Garage Sales” ou vendas de garagem aqui nos EUA.

Agora que chegou o verão é super comum cruzar com placas que anunciam as de vendas de garagens pelos bairros da cidade. Aqui onde moramos normalmente elas começam de quinta-feira e vão até domingo.  Aqui as pessoas não tem preconceito em vender ou comprar coisas usadas, todo mundo faz “garage sale”. Você vai encontrar as plaquinhas de “garage sale” tanto em bairros mais simples como na frente de mansões com fundo para campos de golf. É igualzinho aqueles programas de vendas de garagem!

IMG_2549

Garage sale

O negócio é bem simples: você coloca tudo o que quer vender na frente da sua garagem, espalha plaquinhas em ruas estratégicas do bairro (vale até pendurar algumas bexigas), senta na cadeira e espera os futuros clientes pararem o carro na frente da sua casa para ver o que você está vendendo e comprar. O pessoal vende de tudo: roupas, brinquedos, livros, ferramentas, objetos de decoração de casa, enfeites temáticos (Natal, Hallowen), móveis, bicicletas, artigos esportivos, acessórios para jardim enfim, tudo o que você pode imaginar por um preço muito barato, verdadeiras pechinchas!! Tem que procurar bem pois tem muita tralha, mas é possível achar coisas novinhas também.

Não importa o nível social, todo mundo faz venda de garagem aqui

Não importa o nível social, todo mundo faz venda de garagem aqui

Não resistimos e já compramos algumas coisas nessas vendas de garagem. Os melhores achados sempre são os brinquedos e os livros infantis pois sempre estão em ótimo estado e custam muito pouco. Paguei dois dolares em brinquedos da FisherPrice que aí no Brasil custam uma fortuna e 50 cents em livros capa dura do Dr. Seuss. Já comprei bola de futebol, luva de baseball, tripé para a minha máquina fotográfica, capacetes para andarmos de bike e outras coisinhas, por menos de 5 doláres!

Quando nos mudamos para cá, estávamos no inverno, então não tinha as vendas de garagem por causa do frio. Se tivesse sido agora no verão teria dado para mobiliar quase a casa inteira só passeando pelos garages sales!! A gente se controla, pois não queremos a nossa casa entulhada de tranqueiras desnecessárias, mas é quase impossível não dar uma paradinha com o carro quando vemos uma placa de “garage sale” na frente de alguma casa. Na grande maioria das vezes não compramos nada, mas vai que em uma destas achamos algo que estamos precisando por um precinho camarada!

Se você estiver nos EUA nesta época do ano e cruzar com estas plaquinhas, siga-as e você poderá encontrar uma bela pechincha!!

Abraços

Juliana

Primavera nos EUA !!

Até que enfim, depois de um longo e congelante inverno, a primavera deu as caras por aqui. Quando cheguei aqui em novembro passado, as árvores já estavam sem folhas e flor era uma espécie extinta. Logo em seguida nevou e ficamos quatro meses soterrados na neve aqui em Michigan. A paisagem, como mostrei em posts anteriores , era branca, branca, branca…. Porém agora, a mãe Natureza resolveu nos compensar e a cidade está explodindo em cores e vida!!! Hoje pela manhã, sai para pedalar e não pude deixar de registrar este lugar na primavera, está lindo de morrer!!! Segue abaixo as fotos  do meu passeio matinal! Curtam o blog na estrelinha que tem lá em baixo no final do post, deixem seus comentários.

Abraços

Juliana

Primavera em Canton, MI

Primavera em Canton, MI

IMG_0835

Griffin Park

IMG_0839

Pedalando pela Cherry Road

IMG_0841

Cherry Road

IMG_0842

Explosão de flores!!!

IMG_0843

Me sinto previlegiada e agradecida por ter esse parque a 10 minutos de casa pedalando!!!

IMG_0845

Heritage Park! Não tem como não se apaixonar por esse lugar!!!

IMG_0846

Heritage Park, Canton

IMG_0847

Heritage Park. Monumento em homenagem aos veteranos.

IMG_0848

Isso é Canton!!!!!

IMG_0858

Passando pelo Pheasant Run Golf Club.

IMG_0859

Não me lembro de ver essa placa no livro da auto-escola!

IMG_0863

Pedalando pela Glengarry Blvd.

IMG_0865

Ruas de Canton na Primavera.

IMG_0872

Lindo demais !!!

IMG_0880

Ciclovia para todos os lados, assim dá gosto pedalar!!

IMG_0884

No walls, No gates

 

IMG_0883

As flores voltaram !

Rua da escola do Theo

Rua da escola do Theo

Escola do Theo

Escola do Theo